15 de fevereiro de 2013

Minha paixão por piano


Não sei ao certo o porquê deste post, mas resolvi que tinha que compartilhar com vocês algo sobre mim. Sou meio diferente quando a questão é escolha de um instrumento musical, ta certo que pra mim não foi só uma escolha, mas explico depois. A maioria das pessoas optam pelo comum,  não desprezo nenhum instrumento porque admiro todos, mas a maioria das pessoas opta por tocar violão, guitarra...  ou qualquer instrumento que seja mais comum entre a sociedade. Eu sempre quis aprender violão, acho lindo, como todos os outros instrumentos, mas cordas realmente não são pra mim, sou um desastre mais que total. Sempre tive paixão por piano, desde quando eu era pequena. Na verdade cresci com isso, não foi bem uma escolha "ah, eu vou gostar de piano". Não, não foi assim! Meu pai brincava de tocar teclado comigo quando eu ainda era um bebê, tenho fotos e relatos deles como prova, pois não lembro de nada. Ele me ensinava as notas e eu não entendia nada. Com o tempo, quando comecei a entender algumas coisas esse amor continuou, meu pai tinha um teclado no quarto e sempre que podia se dedicava a aprender. Ele não é nenhum músico se é o que passa na cabeça de vocês, mas tudo o que ele sabia ele passava pra mim, porque  via que eu queria aprender, nunca me forçou a isso. Eu ia sempre no quarto dele fazer barulho no teclado e desregular tudo. E acabou que me apaixonei por piano ou melhor por teclas aquela época ainda, como comum a primeira musiquinha que eu aprendi foi o típico Parabéns Pra Você. Quando eu cresci mais, ou seja há uns anos atrás, eu me encantei por um livro que encontrei na estante do quarto da minha amiga e obviamente a maioria conhece, A Última Música de Nicholas Sparks, não sei certo o porquê mas o título chamou minha atenção. Estava na casa dela e enquanto ela fazia algumas coisas para sua mãe comecei a ler, terminei o livro em três dias, me envolvi muito com a história e para os que não leram: a Ronnie não queria ouvir o pai tocar piano pois tinha raiva e depois quando descobriu a doença fatal do pai se arrependeu e ajudou-o a terminar a música que ele estava compondo para ela, só que ele ouviu apenas ela terminar a música e não teve oportunidade de ouvi-lá tocar, Ronnie só pôde tocar em seu funeral no dia seguinte. A história é linda e emocionante, como todas as outras que o Nicholas escreveu. Com isso resolvi assistir o filme e que por incrível que pareça eu chorei. Não tem muito a ver, mas essa história marcou um passo da minha vida em relação a tocar. Antes de ler esse livro e assistir a esse filme, eu tinha deixado meio de lado essa coisa de tocar, mas depois, por algum motivo o qual não sei, tudo mudou. Comecei a me dedicar sempre que possível para aprender cada vez mais. E hoje, sei um bom pouco, porém, tenho muito para aprender e tenho certeza de que isso nasceu comigo e vai morrer junto comigo. É o tipo de paixão que não apenas está somente dentro do teu cérebro ou do teu coração, está na alma, é o tipo de paixão que é destinada a permanecer contigo durante a vida toda.

- Gabrielle Roveda

8 comentários:

  1. Seu histórico com a música é bem marcante. Sabe, quando crescemos com algum desejo ele prevalece, como no seu caso. A última música é realmente emocionante, sobre uma paixão pela música que ressuscita na vida de Ronnie.
    Beijos
    clandestina-a-bordo.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É sim. Exatamente! O livro marcou minha vida!

      Excluir
  2. Oi adorei seu blog tao lindoo
    adorei saber que voce gosta de piano é instrumento lindo e eu adoro a ultima musicaa
    to seguindo aqui
    segue lah o meu?
    beijos
    http://cantinhodanina19.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Lindo texto! Adoro músicas acústicas com piano, acho incrível, tenho bastante curiosidade de aprender a como tocar :)
    Beijos, Batom Rosa - www.batom--rosa.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adoro as clássicas! Estou tentando aprender Canon in C - Johann Pachelbel. Mas também gosto de outros estilos!

      Excluir
  4. Lindo texto. mo posts assim..soam bem pessoais e lindos. Todos emos uma paixão na vida (ou muitas) e é bom saber a sua flor ;) beijos seguindo. seu blog é um charme ;)
    Blog Chama as Amiga!

    ResponderExcluir

Seja mais do que bem-vindo!

Não esqueça de voltar.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...