17 de maio de 2013

Devaneios Noturnos

Primeiramente gostaria de me desculpar pela minha ausência e agradecer a todos os comentário e pessoas que elogiaram meu trabalho, muito obrigado. 



Na incansável busca de sermos algo mais, esquecemos a torradeira ligada.
São tantos cartões de banco que sempre acabo perdendo algum e garantindo uma parcela extra do meu dia com o gerente, e entre um café e outro a hora não passa. Quero ir pra casa.
Entre o trânsito parado e meu bloco de notas rabiscado (sim ainda uso um desses não virtuais) penso um pouco em como algumas coisas poderiam ser diferentes.
Como eu deveria ter te olhado mais nos olhos e te beijado sem parar. Em como era difícil prestar atenção nas coisas simples que me dizia, em como aquela música tinha dois refrões iguais.
Algumas coisas são adjacentes e quebráveis á olho nu, como o silêncio entre um beijo e outro. E a fração de segundo que se demora até você perceber que chegou a hora de ir embora.
Não obstante porém há sempre uma esperança.
Caramba! Esqueci a torradeira ligada, nem quero ver a conta no fim do mês.

4 comentários:

  1. Que texto demais.
    Beijos, Ariane!
    www.diariodostreze.blogspot.com (visita?)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uhuhuhu fico feliz que tenha gostado, sempre passe por aqui, tem sempre algo novo ^^

      Excluir
  2. awn que fofo o seu texto,amei!!

    beijo ;*

    meuqueridodiariofashion.blogspot.com

    ResponderExcluir

Seja mais do que bem-vindo!

Não esqueça de voltar.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...