5 de dezembro de 2013

O silêncio nem sempre é a alternativa correta.


Ele a olhava todos os dias. As vezes disfarçava, outras perdia-se nos olhos negros dela por uns segundos a mais e sorria. Sorria mesmo sem saber porque, mesmo sem ter um motivo aparente. Mas ele não teve coragem de aproximar-se, em nenhuma das vezes. Aquelas trocas de olhares ainda não eram o suficiente, precisava de algo mais para deduzir se poderia chegar mais perto. Todas as noites ele acordava num susto e lembrava que a culpada de sua insônia era alguém que jamais pensaria nele. Ele lembrava do seu sorriso dócil, dos olhos marcantes, do cabelo preso em um rabo de cavalo e simplesmente suspirava. Faltava-lhe coragem ou quem sabe ele não poderia tê-la mais próxima de si e reprimiu-se. Ao pegar o celular e procurar em seus contatos, o nome da garota não estava lá. Não podia lhe enviar algo que desse a entender que estava pensando nela. Afinal, nunca ouve uma troca de palavras. Ele apaixonou-se em silêncio e condenou-se a ficar assim pelo tempo necessário. Era difícil manter o controle quando a vontade era de tocá-la. Não sentia seu abraço mas podia imaginá-lo. Seu perfume era doce, tanto quanto seu jeito. E a cada pensamento o ar era preenchido com seu cheiro. Podia ser ilusão, paixão quem sabe? Mas ainda não era amor, não tinha como ser. Era algo melhor, algo que o fazia sorrir para o nada. Ah, o tempo. Esse sim virou seu grande companheiro. Ele esperou, não queria tomar a iniciativa. Então ela tomou. E ao dizer apenas um "oi" seu corpo estremeceu. Seu mundo parecia flutuar, uma sensação incômoda em seu organismo surgia e tudo dentro de si parecia estar revirado. Um calafrio e a sensação de ter seu corpo derretido marcou presença. A conversa fluiu e depois? O destino resolveu interromper. Ela o direcionou apenas uma palavra e seu mundo pôs-se a girar. Mal sabia ele que o dela girava a muito mais tempo. O silêncio nem sempre é a alternativa correta.

- Gabrielle Roveda

Um comentário:

  1. Ah adorei o textinho. Realmente, quantas vezes perdemos um tempo desnecessário simplesmente por medo de falar?

    Um beijo
    http://escolhasliterarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Seja mais do que bem-vindo!

Não esqueça de voltar.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...