16 de junho de 2015

Leio ou não?: Sinto Sua Falta - Lígia Miraglia


Autora: Lígia Miraglia
Editora: Modo
Gênero: Romance
Páginas: 172 páginas.
Nota: ✰✰✰✰✰

Sinto Sua Falta é novo lançamento da autora Lígia Miraglia e sendo assim, tive a oportunidade grandiosa de lê-lo em primeira mão logo no início. O livro é um romance/drama um pouco sobrenatural. Não, não tem nada de fadas e unicórnios, é um drama um pouco mais "real", digamos. O livro trás uma história base logo de início que se fará importante para todo o resto do enredo onde Lara será o personagem principal. Tem uma história boa de se ler, um gostinho de "preciso saber" e acontecimentos que, muitas vezes, você nem teria imaginado. O livro vem com uma temática forte na vida de Lara e com alguns dramas arrastados, mostrando que é sempre possível seguir em frente independente de quantas coisas a vida pode nos proporcionar.
"Quando somos jovens acreditamos que tudo vai dar certo, que podemos fazer o impossível tornar-se real. Vivemos intensamente cada segundo." 
Lara é uma menina que passou por diversas coisas, uma menina sem apoios e que resolve fugir para a cidade grande pensando que lá as coisas seriam mais fáceis. E de certa forma ela se dá bem, logo de cara conhece pessoas que estão dispostas a lhe ajudar. Nisso tudo inclui, Felipe, um dos personagens que eu realmente gostei pelo seu jeito e sua personalidade. Felipe e Lara se apaixonam por acabarem morando mesma casa, a casa da mãe dele onde Lara se hospeda. Porém, digamos que esse romance não conseguiu ser um romance propriamente dito e Lara acaba por trocar olhares apaixonados à primeira vista com Bernardo. E é aí que a história começa com seus conflitos, amores, dores e libertações. É aí que surge duas personagens que dá vontade bater, Irina e a mãe de Bernardo. 
 "Eu errei, assumo que errei, mas todo mundo tem direito a se arrepender e aprender com os próprios erros. " 
Os personagens são tão bem trabalhados que no fundo parecem reais. As personalidades e vivências que eles carregam aparecem sempre em algum pedaço da história sem deixar ali na cara e é algo que eu gosto muito. Confesso que as indecisões da Lara me cansaram muitas vezes, mas no final entendi que era preciso tudo aquilo. Falando da parte gráfica, a capa realmente é linda, os inícios de capítulos mais ainda e todo o resto está incrível. É a primeira vez que entro em contato com uma obra da Lígia Miraglia, porém garanto que não será a última. 



Sinopse (via skoob)

Destinos que se cruzam e o amor que ressurge com a vida e o tempo. O coração de Lara parecia sempre estar em busca de algo que ela não conseguia entender...O que Lara precisava para viver esse grande amor era continuar viva. Mas essa tarefa se tornava cada vez mais impossível e a felicidade mais longe de ser encontrada. O amor que a surpreendeu e a fez tão feliz, hoje ameaçava por fim em tudo que ela conseguiu construir ao lado de Bernardo. Lara estaria preparada para resistir ao sentimento de perda? Encontrar o amor foi apenas o começo...


Trecho do livro

   [...] Salvador, 17 de fevereiro de 1990.
    O hotel era maravilhoso, o meu dormitório tinha uma linda vista para o imenso mar azul da Bahia. O calor era agonizante e o meu corpo há tempos desejava um belo banho de mar. Passei em todos os quartos em busca de companhia e quando chegamos à praia fizemos uma grande corrente de mãos dadas. Eram as nossas tão merecidas férias, corremos para a água de uma só vez aos berros.
    A sensação da água primeiro em meus pés foi verdadeiramente excitante e quando mergulhei naquele mar límpido e quente deixei-me levar pelo prazer, ouvi gritos, risadas e um grande coral que gritou junto.
    – Vida Nova!!
    Raquel e eu nos abraçamos, ela era minha melhor amiga sem falar em uma grande companheira de classe. Estava noiva de Jorge, um belo homem. Eles aguardavam ansiosos para se casarem, pois combinaram que só o fariam depois que se formassem.
    Já eu não acreditava muito nessa história de amor, homem da minha vida, aquele com quem dividiria os momentos bons, maus, alegrias, tristezas e blá blá blá...
    O lugar era pura diversão. A primeira noite fomos para uma balada, muitos jovens, solteiros e lindos, malhados com barriga tanquinho e que dançavam tão bem quanto as mulheres. Naquele dia beijei muito, me esbaldei até os meus pés não suportarem mais, então Raquel me arrastou para casa.
    Acordei com uma batida na porta, abri os olhos e desejei que estivesse sonhando, mas não era um sonho. Ouvi o barulho novamente, levantei resmungando e fui atender a porta segurando o lençol que cobria o meu corpo.
    – Quem é?
    – Sou eu, abre logo! – Raquel respondeu.
    Abri a porta e me afastei mal humorada por ter sido acordada tão cedo, pelo menos era o que eu achava, pois tinha a sensação de que acabara de deitar.
    – Entra logo! Você não dorme?
    – Claro que sim. – ela respondeu mostrando um sorriso nos lábios provocando. – São três horas! Quer dormir o dia todo?
    – Até que não seria má ideia. – falei retrucando. [...]

8 comentários:

  1. Oi, Gabrielle
    Adorei a resenha do livro, amei mesmo. Lindo seu blog, parabéns!!

    Bjos e uma boa semana,
    http://www.dmulheres.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou flor! Obrigada mesmo! ♥
      Beijos, boa semana!

      Excluir
  2. não conhecia esse livro , vou ver se tem na saraiva ^^

    http://nataliloure.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Não conhecia o livro, nem a autora, mas pelo que você falou o livro é muito bom. Achei ele lindo, a capa é muito fofa e amei os detalhes do início de cada capítulo.
    Gabi seu blog é lindo! Amei a resenha.
    Beijos!
    http://eusuponho.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou, o livro é lindo mesmo! Obrigada flor! ♥

      Excluir

Seja mais do que bem-vindo!

Não esqueça de voltar.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...