9 de julho de 2015

Papo Sério: 6 coisas que aprendi nesses 6 meses


1. Aproveitar o presente.
Aprendi realmente que se deve aproveitar o tempo em seu presente, parar de reviver as coisas do passado ou viver num planejamento futuro. Ninguém sabe se amanhã estará por aqui, pode parecer um pensamento pessimista mas é a realidade. Se nos acomodarmos em permanecer no que já passou não seguiremos o fluxo da vida e se nos dedicarmos somente às coisas futuras acabamos deixando para trás o que nos está presente agora.

2. Seguir em frente.
O que passou, passou. É, realmente entendi o significado tão sublime numa frase tão boba. Não há motivos para ficar remoendo as coisas que passaram, temos que seguir em frente não importando o quanto possa doer o que foi deixado para trás. Os dias passam e quem não passa junto, acaba esquecendo de viver. 

3. Há amor demais em mim.
Descobri que não sei guardar mágoas e sei que pode ser algo ruim já que muitos vão se aproveitar desse meu jeito de ser. Mas há seu lado bom, pois vou estar aqui se um dia precisar de mim. Não digo que vou ter esquecido do algo horrível que me machucou, digo que não vou me importar em estender a mão para te ajudar. Descobri que há mais amor em mim, mais humanidade do que eu pensei que teria. Compreendo que todos somos humanos e temos o direito de errar ou pisar na bola, faço a minha parte mesmo você não tendo feito a sua.

4. Ainda tenho um coração bobo. 
Dizem que coração quebrado pega aquela maldição feia da amargura e descobri que sou uma das exceções à essa regra. Eu posso ter que colar todos os pedacinhos estilhaçados milhões de vezes, mas eu nunca vou desistir de sentir aquelas borboletas no estômago. Não digo que seja por vontade própria, eu simplesmente me rendo quando o coração começa a afirmar que vai me fazer flutuar por causa de um sorriso novo, um olhar mais profundo ou o simples desenrolar de uma conversa boa. É coração, você é bobo mesmo.

5. O passado nunca vai ser esquecido.
Falei de passado, presente e futuro muito dessa vez, mas apesar de dizer que temos que seguir em frente aprendi que deixar para trás não quer dizer esquecer. Nossas lembranças vão permanecer se não por toda a vida, por boa parte dela. Os momentos passados mais importantes vão ser lembrados e um dos motivos que fazem com que a gente fiquei querendo revivê-los é por terem sido tão bons, o negócio é seguir em frente e lembrar sorrindo do que passou e sempre buscar novos motivos para sorrir.

6. Sonhar nunca é demais.
Certo, vocês estão lendo algo de uma legítima sonhadora. Sabe aquela frase do Fernando Pessoa: "Tenho em mim todos os sonhos do mundo" ? Então, essa sou eu. Descobri que por mais sonhos loucos que eu tenha sempre vai surgir algo novo pelo que vale a pena sonhar e também descobri que manter os pés no chão é sim essencial, porém o combustível que nos move é esse sonhar com o corpo flutuando mesmo. É de extrema importância traçar as metas e objetivos mantendo a cabeça na questão, mas deixa a alma flutuar e o coração se aventurar por aí em busca do que tanto almeja. Por mais longe que a viagem possa ser, aproveita a caminhada.

** Tema indicado pelo grupo Irmandade das Blogueiras para o mês de Junho (e feito em Julho, haha)**

4 comentários:

  1. Sonhar nunca vai ser demais mesmo, acho que é a melhor coisa que se pode fazer. Aproveitar o presente e seguir em frente também são itens valiosos e é muito bom que tenha aprendido isso. Quanto mais cedo nos damos conta que a vida é curta, mais aproveitamos os momentos ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sonhos são o que nos movem a continuar, é sempre bom sonhar! Aprendi caindo, mas aprendi em tempo. ♥

      Excluir
  2. Acho que sem sonhos a vida não tem sentido. :3


    umagarotasemestilo.blogspot.com

    ResponderExcluir

Seja mais do que bem-vindo!

Não esqueça de voltar.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...