12 de agosto de 2015

Carta à garota quase confusão de hoje


Querida garota confusão,

Sei que a vida anda à passos largos por aí, parece que o mundo vai acabar amanhã e você não conseguiu aproveitar o tempo ainda. Compreendo que nessa sua confusão infinita de livros na cabeceira, roupas em cima da cama e pensamentos pelos ares você consegue se encontrar. Mas garota, por favor, calma. Entendo que as melhores coisas da sua vida estão acontecendo agora e que os principais passos para o início dos maiores sonhos estão sendo dados com cuidado, admiro sua garra e coragem. Sei que o coração anda apertado aí dentro e mais ainda que aquelas saudades de outras épocas nunca irão passar, aproveita esse tempo bom com quem tá aí te enchendo de mimos e regalias porque isso também vai virar saudade algum dia. 

Deixa para lá esse seu novelo de lã tão enrolado que só você com essa percepção gigante consegue desenrolar ou achar a outra ponta. Sabe, a vida é muito mais que as obrigações. Relaxa um pouco, eu sei que você é capaz de mil coisas quase ao mesmo tempo, mas não precisa ser perfeita em tudo. Eu sei, mais do que ninguém, que quando você quer algo ou faz algo tem que se doar por completo. Calma, nem tudo depende só de você. Continua com esse sorriso lindo no rosto e esse carisma que todo mundo enxerga de longe, não deixa coisas bobas tirarem de ti o prazer que a vida lhe dá. Ontem mesmo com aqueles olhar volta e meia envolto de lágrimas percebi que aquela garota não era você, eu mesma senti falta dos sorrisos bobos, das piadinhas complexas demais e das piruetas que vive dando. Não desiste de um dia inteiro só por causa que no fim do dia algo de muito ruim te abalou. 

Dança, porque dançar para ti é quando tua alma respira. Deixa a música entrar pelos ouvidos e mexer com cada pedacinho do teu ser, aproveita a melodia com o coração e deixa o cérebro se focar na felicidade que guarda aí dentro. Canta no chuveiro no banho de novo, ninguém se importa e sei que isso te faz esquecer um pouco do mundo. Se quiser desabafar pega seu caderno velho e escreve aquelas crônicas baseadas nas pessoas que te fazem bem ou deixa fluir aquelas letras de músicas que surgem do nada na cabeça. Sabe, as coisas podem parecer bem complicadas quando se está perto de realizar desejos tão almejados, paciência é o que te peço. Não é exatamente o nome da música que você mais gosta daquela banda que você é fã? Então, adota mais um vez a frase da sua vida: "just a little patience". Eu sei que tudo vai dar certo, sei que quando você começa algo gosta de chegar até o fim e no melhor dos jeitos. Confio em você, seja feliz nessa sua quase confusão garota. 

Gabrielle Roveda, sua eu. 
12 de agosto de 2015.

** Tema "uma carta para si mesmo" indicado pelo grupo +QP - Mais Que Palavras para o mês de agosto**

2 comentários:

  1. Como você se expressa bem.
    Meu desejo é que aprendemos a respirar e acreditar que as coisas vão se encaixar.
    Beijos

    ResponderExcluir

Seja mais do que bem-vindo!

Não esqueça de voltar.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...