21 de agosto de 2015

Vale a pena assistir?: Cidades de Papel

Filme: Cidades de Papel
Título Original: Paper Towns
Gênero: Romance
Diretor: Jake Schreier
Lançado: 2015
Nota: ✰✰✰✰

Capa:
Cidades de Papel

Falei nesse post, Cidades de Papel era um dos filmes que queria ver depois de ler o livro e foi o que fiz. Após ler e resenhar (resenha do livro aqui) fui para o cinema para ver a suposta adaptação. O filme se assemelha a adaptação A Culpa é das Estrelas, exceto pelo fato de que o final foge ao contexto do livro. Considero esse o motivo de uma estrela a menos na avaliação junto com alguns que citarei abaixo.

Para quem não conhece a história, Quentin é apaixonado desde a infância pela vizinha meio maluca, Margo Roth Spielgeman, com quem ele brincava na infância. Porém, eles cresceram e começaram a ter objetivos e estilos de vida diferente, na forma atual são apenas colegas de classe. Mas Quentin ainda nutre uma paixão platônica pela incrível vizinha e em uma noite, basicamente normal, a própria Margo surge em sua janela pedindo para que ele a ajude em uma plano de vingança na  madrugada. Quentin, é claro, aceita.

No dia seguinte, Margo desaparece (foge, na verdade) e parece que acaba deixando pistas para que Quentin a encontre, como sempre deixou pistas para outras pessoas a encontrarem. Quentin reúne seus amigos (inclusive a Angela, namorada do Radar... fato que não estava no livro) com as horas contadas para irem até aonde ela estaria e chegarem antes da hora da formatura (o que acontecia durante a formatura e com um toque mais engraçado por causa de Ben e Radar que estariam nus em baixo da beca).

Apesar de a adaptação não condizer totalmente com o livro teve bastante coisas que surpreenderam, inclusive o final do filme que, por sinal, foi mais do que diferente. Faltou aquela pontinha do drama do Quentin achando que a Margo estivesse morta ou se tornado uma suicida. Ali, a viagem foi meio sem propósito, já que no fim, Margo sempre retornava para sua cidade. O fim, apesar de ser diferente, foi meio surpreendente e, de certa forma, legal. Temos um final para escolhermos e eu prefiro o do livro. Vocês que já leram e assistiram preferem qual? E aos que não assistiram, assistam e não irão se arrepender. Ah não ser que incomode um final fora diferente.

ELENCO PRINCIPAL:

VEJA O TRAILER: 


ALGUMAS CENAS:

4 comentários:

  1. Eu li livro e quero muito ver o filme, apesar de não ser o meu livro favorito, quero muito assistir, principalmente porque eu amo a modelo (e agora atriz) cara delevingne!

    O meu livro favorito do john green é quem é você, alasca?, o jeito da personagem me cativou de mais, apesar do final trágico.

    Escritas de verão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Achei o livro muito bom e empata bastante com Quem é Você, Alasca? ♥
      A Cara Delevingne é demais, sou apaixonada por ela! ♥

      Excluir
  2. Eu li o livro e vi o filme e gostei muito.

    ResponderExcluir

Seja mais do que bem-vindo!

Não esqueça de voltar.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...