9 de maio de 2016

Não deixe para amanhã o amor que você pode demonstrar hoje

Uma noite dessas encostei a cabeça no travesseiro e o teto branco, todo sem graça, pareceu me chamar para uma conversa que se mostrou muito mais interessante que todo o sono que eu sentia. Fechei os olhos e deixei a insônia tomar conta do meu corpo centímetro por centímetro, a qual me levou a um único pensamento: você. 

E assim, sem querer, sem intenção nenhuma me vi pensando em você. Me vi deixando para trás todas aquelas lembranças, todos aqueles momentos que já vivi ao seu lado e hoje fazem apenas parte das fotografias eternizadas na memória. Deixei para trás o pouco que fomos sem saber se poderíamos ter sido mais. Sem ter descoberto um outro lado para a história, sem ter preenchido aquela página que ficou em branco no meio de uma correria. E se eu tivesse insistido onde estaríamos hoje, meu bem?

Descobri no desenrolar dessa mesma noite que deixei muita coisa para depois, deixei o tempo se apoderar de mim apostando todas as fichas no futuro que era incerto. Um futuro que se não for pelas minhas mãos não será destinado a acontecer nunca. Descobri aos poucos que não se pode deixar para amanhã, bem como aquele conselho sincero, sempre há a possibilidade de ser tarde de mais. 

Deixei você para o próximo dia, esqueci de avisar o que eu sentia e, de pouco em pouco, fui deixando a brisa levar para longe todo esse meu embaraço sentimental. Deixei para o depois tudo aquilo que deveria ter te falado, tudo aquilo que deveria ter demonstrado. Mas agora eu vejo que o amor não suporta atrasos, ele insiste em ser presença. Insiste em viver no agora junto ao que insiste em ser sentido.

Não vou deixar o amor para depois, não mais. Não depois do tapa na cara que o próprio me deu, não depois de entender que o que é sentido deve ser demonstrado, independe das condições. Descobri nessa conversa com meu próprio eu que não posso deixar o meu amor guardado quando não se sabe o dia de amanhã. É preciso demonstrar hoje o que se guarda no peito, pode não haver um depois ou outra chance tão cedo.

4 comentários:

  1. Gabi!! QUE TEXTO! "Deixei para trás o pouco que fomos sem saber se poderíamos ter sido mais." Sofrido mas carregado de emoções. Amei amei amei. Adoro textos tocantes. Beeeeijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awn Beca, seus elogios sempre me deixam sem reação! <3

      Excluir
  2. Menina,
    Não faz isso comigo não!
    To no meu duelo mental aqui se conto para uma pessoa que gosto dela ou não e você me vem falando que não podemos deixar o Amor passar >.<

    Muito lindo *--*
    Beijos e se cuida

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saaandro, sempre é bom demonstrar!
      Se isso faz bem pra você, vai em frente. Você só vai saber se dará certo se tentar, não é? <3

      Excluir

Seja mais do que bem-vindo!

Não esqueça de voltar.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...