13 de agosto de 2016

Leio ou não?: Além Das Evidências - Alana Araji

Autor: Alana Araji
Editora: Novo Século
Gênero: Romance
Páginas: 135 páginas.
Nota: ✰✰✰✰✰

Uma coisa é certa: eu amo livros de suspense, porém não costumo ler muito romance policial e o que a autora tentou mostrar em Além Das Evidências é um romance policial intenso repleto de suspense. O livro conta a história de Beatrice, uma advogada renomada que trabalha em conjunto com sua amiga Samantha e cuidam de muitos casos. Nesse meio tempo ela conhece Ryan, por via de Samantha e acaba nutrindo uma paixão rápida demais e intensa. Ryan é um cirurgião plástico, rico e bem intencionado que também logo se apaixona perdidamente pela advogada. O romance seria básico se não fosse o fato de Bia estar se recuperando de um antigo relacionamento e ele resolver voltar para a cidade trabalhar na área de advocacia sem avisar.
"Eu já estava me apaixonando por ele, e não sabia se isso realmente era o certo."
O ponto chave do livro é quando Ryan é preso e isso é algo que ainda é dito na sinopse, porém até lá muitas coisas estranhas acontecem e o julgamento terá de ser visto para muito além das evidências. O livro é composto de poucos capítulos, 6 na verdade, e em poucas páginas. É uma leitura super rápida, digamos que aquele tipo de leitura que devoramos em uma hora. A única coisa que me incomodou foi a narrativa, pois apesar de a história ter um bom contexto e uma forma de dispor os fatos super organizada para causar suspense ao leitor, ela é muito descritiva e maçante. Um exemplo: faço isso, faço aquilo, vou ali, volto aqui e adormeço. Não consigo me acostumar com uma narrativa assim, mas o resto soa bem agradável.
"Garanto que, se eu pudesse, lhe daria agora minha visão em troca de ver novamente um sorriso em seu rosto."
A capa do livro foi feita exatamente nas condições propostas e tem tudo a ver com o enredo. Os personagens são bem construídos e apesar do clima adulto que o livro trás, há uma essência juvenil na personalidade deles. Alana Araji trás em seu primeiro livro, decorrente de um sonho numa noite qualquer, uma essência boa de romance policial. Espero que continue firme trazendo muito mais suspenses na nossa vida com sua literatura encantadora e assim como a vi dizendo em uma entrevista, que traga seus personagens para o Brasil, enaltecendo a nossa cultura também. É um bom livro nacional e indico para ser lido. 

Sinopse (via skoob):
A advogada Beatrice Scott se apaixona perdidamente por Ryan Collyns, conceituado cirurgião plástico. Sua vida agora, comparada com o frustrante relacionamento anterior, nunca esteve tão bem. Porém, em um piscar de olhos, tudo parece desabar. Seu grande amor está sendo preso sob a acusação de estupro e homicídio qualificado. Beatrice faz de tudo para provar a inocência de Ryan, no entanto, suas expectativas diminuem quando as provas apontam para ele como autor do crime. Se ele for realmente culpado, como ela poderá lidar com os sentimentos? Uma história intrigante sobre a busca pelo verdadeiro amor, mesmo em momentos tão conturbados.
Trecho do Livro:
     Sentia-me cansada. Logo que entrei na minha sala Samantha já estava ali.
     - Bom dia, Beatrice. Por que não atendeu às minhas ligações o fim de semana todo? Você conversou com o Ryan depois que eu saí? - Ela não parava de fazer perguntas, e eu já esperava por isso, mas não pensei que seria logo pela manhã.
      - Bom dia, Samantha. Deixei o celular desligado; tirei o fim de semana para descansar. Ontem fui almoçar com minha mãe e logo voltei para casa e continuei com minha preguiça o resto do dia. E, sim, Ryan me fez companhia até Adam chegar, já que minha melhor amiga me abandonou por causa de um lindo moço. - Lancei um sorriso para ela.
    - Não fale assim, Bia. Não podia deixar Peter escapar das minhas garras - brincou. Então, continuou falando enquanto deitava no meu sofá (acho que esqueceu que estávamos em um escritório): - Ele é perfeito. Estou me sentindo uma adolescente apaixonada. hoje vamos almoçar juntos, e mais tarde ficaremos no apartamento dele. Mas e você? Como foi o papo com seu príncipe? Me conte tudo.
     - Primeiro que ele não é meu príncipe, mas é um doce de pessoa. Conversamos sobre sua família, nada de mais. Também sobre o motivo de ter escolhido sua profissão. A propósito, ele é um cirurgião plástico. Quem sabe não consiga dar um jeito em você?
     Samantha ficou parada me olhando quando ouviu minhas palavras.
    - Como assim, dar um jeito em mim? Desde quando preciso de um cirurgião plástico? - ela me perguntou brava, e eu comecei a rir.
     - É brincadeira, Samantha, foi uma piada para descontrair.

Esse post faz parte do Blog Every Day August.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja mais do que bem-vindo!

Não esqueça de voltar.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...