11 de janeiro de 2017

Você é a saudade de quem?

Hoje eu parei para pensar nas coisas da vida, não que isso geralmente não aconteça, mas hoje eu lembrei da saudade e do quão presos a coisas do passado ela nos deixa. Me perguntei quantas saudades diferentes eu sinto e se há alguma forma de ordenar por importância e intensidade, fracassei na resposta. Não encontrei a maneira certa de entender a categoria de cada saudade, mas descobri que individualmente são extremamente importantes.

Sou um poço de saudades, de passados não esquecidos querendo ser revividos como se pudesse haver um pequeno botão de "replay", de gente que foi embora e nunca mais deu as caras por mero orgulho. Sou dessas que não gosta nada de deixar ir para sempre, a opção é de cada um, mas o sentimento é só nosso. É difícil domar a saudade, sentimos falta, queremos perto e na maioria das vezes o pedido do coração não é atendido.

Dentro de mim há um espaço para cada um que deixou saudades, mas e eu, sou a saudade de quem? Será que alguém nesse mundo realmente deixou um marcador da importância num momento vivido e me guardou no coração para quando ele apertar sentir saudades? Fico me questionando cada vez mais e é tão difícil saber que importância já tivemos em vidas alheias. Quão intensas nossas idas e vindas são para marcarmos a vida de alguém?

Quem será que guarda recordação dentro de uma música que tocou e se nega a escutar pelo simples fato de lembrar daquela saudade que pode voltar a machucar? Quanto orgulho se guarda dentro de um "senti sua falta" não dito? Quantos lugares olham e lembram que foi ali que nos vimos pela primeira ou última vez?

Sempre pensamos naqueles que sentimos falta, que nos fazem sentir aquele aperto de saudade no peito, porém esquecemos daqueles que passaram por nós e talvez, sintam o mesmo. Desses quantos podem sentir saudades e não dizer, apenas por orgulho ou timidez? Sou pessoa que tem medo de demonstrar sentir falta por pensar que talvez possa soar de forma inesperada e até ser interpretado mal e aí eu me fecho com aquelas músicas que nem minhas são e as dediquei para cada pessoinha que ainda migra aqui dentro e deixo as lágrimas caírem para amenizar.

Não sei dizer um "sinto sua falta" sem ficar ansiosa pela resposta, mas de hoje em diante não quero mais prezar pela retribuição. Quero apenas que saibam da minha saudade e talvez entendam que, mesmo não conseguindo dizer o mesmo, são importantes para alguém que não precisa ser importante para eles. Não quero que seja tarde demais para deixar claro o quão bem, mesmo distante, alguém me faz. E você, é a saudade de quem?

4 comentários:

  1. Eu sempre tenho a mania de achar que não sou a saudade de ninguém, até que alguém vem me falar e acabo me surpreendendo <3

    bruna-morgan.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É tão bom quanto nos surpreendemos assim! <3

      Excluir
  2. Minha irmã e meu namorado vivem dizendo que sentem minha falta. eu sou a saudade deles, mas não me imagino sendo saudade de ninguém

    ResponderExcluir

Seja mais do que bem-vindo!

Não esqueça de voltar.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...