21 de julho de 2017

Últimos filmes assistidos (Junho/2017)


Em abril e maio eu achei que tinha assistido muito filme... até chegar junho e eu descobrir que passei dos 12 do post passado em apenas um mês... Sou muito devoradora de filmes! Eis aqui um breve resumo para vocês se aventurarem nesses filminhos, porque deixa eu contar: não tem nenhum que não valha a pena.

1. O Vendedor De Sonhos
Gosto muito dos temas dos livros do Augusto Cury e obviamente do autor, confesso que não li o livro tão famoso dele que dá nome a esse filme,  mas assim que me deparei com o filme de imediato quis assistir. E não me arrependi nenhum pouco! O filme conta com um elenco brasileiro de tirar o chapéu e uma ambientação simples, mas super dentro do contexto e agradável demais. A história é a do empresário que achava que sua vida era um grande erro e decidiu que iria tirá-la, porém um velho mendigo surge ao seu lado no edifício no dia que tiraria sua vida e lhe mostra que há muito para se agradecer nessa vida. É um filme lindo, não tem como não pensar nesse elogio diante ao longa.  (Não tem na Netflix)

2. A Menina Que Tinha Dons
Esse é um dos filmes que eu mais esperei, mesmo sem saber se teria ou não um filme de um dos livros que eu li e me apaixonei. A Menina Que Tinha Dons foi um dos livros que entrou na minha lista dos favoritos porque me surpreendeu em cada página, aí estava eu vasculhando novos filmes quando me deparo com o título e nem acredito que meu livro favorito tinha virado filme. E confesso a vocês, o filme é muito bom (não melhor que o livro, porém...). Conta a história típica de  um apocalipse, onde há um local protegido que fazem testes em crianças que são afetadas de outra forma pela bactéria dos famintos (zumbis) em busca da cura, mas o final é tão surpreendente que não tem como não se apaixonar. (Não tem na Netflix)

3. A Garota no Trem
De início já digo que não é um filme que eu posso dizer se gostei ou não, ainda não consegui ter uma opinião formada sobre ele. A Garota no Trem como a maioria dos filmes chamou minha atenção por ser adaptação de um livro, consequentemente de um que eu queria muito ler. O filme conta a história de uma mulher que está arrasada com o próprio divórcio e ao decorrer do caminho que seu trem faz ela vê um casal perfeito que mora perto dos trilhos e os observa ao longe, mas algumas coisas parecem estar diferentes e ela passa a se envolver tanto que pretende descobrir por si mesma. É um filme um pouco estranho, mas tem uma temática psicológica legal que envolve nossa própria falha de raciocínio, quando estamos tomados por algo que nos desfoque da realidade. (Não tem na Netflix)

4. O Espaço Entre Nós
Esse filme é a coisa mais fofa do mundo! Estou realmente apaixonada por tudo nele, pelo elenco, pela ambientação, pela história e extremamente pela trilha sonora que inclui canções de James Bay deixando tudo melhor. O filme conta a história de um garoto que nasceu fora da Terra, precisamente em Marte, quando sua mãe assumiu a ideia de tentar morar em outro planeta assim que se tornou possível isso. O garoto cresce e adepto à tecnologias, conhece uma garota do planeta Terra, pela qual acaba nutrindo um amor. Ao desembarcar em Terra e fugir ao encontro da garota e longe de possíveis complicações que lhe impeçam de ver o que é a vida na Terra, outras complicações lhe ocorrem e muitos momentos lindos são vividos. (Tem na Netflix)

5. Amor e Outras Drogas
Outro filme que ganhou meu coração num suspiro e que também tem um elenco, história e ambientação de tirar o chapéu. Aqui a história é sobre uma mulher que sofre de mal de Parkinson ainda jovem, caso raro, e um homem que mesmo ciente de todos os problemas que enfrentaria insiste em amá-la e fazê-la feliz, sem cogitar as adversidades da doença. Ele é um farmacêutico dedicado em vender seus produtos com a mais bela lábia, o que ele não sabia é que, na verdade, o amor é a mais bela droga para curar uma vida. É um romance cheio de humor e com um drama tão intenso que, de certa forma, se equilibra dentro do contexto. Vale muito a pena assistir, é lindo. (Tem na Netflix)

6. Internet - o filme
Eis aqui um filme que assisti por curiosidade e até que gostei. O tal do filme sobre youtubers e com youtubers é engraçadinho ao seu ponto e nada mais que uma história sobre fama através da internet. É meio nada a ver, mas dá pra passar o tempo e rir um pouco. Conta a história de um youtuber arrogante que faz um evento e convida o pessoal da área, nesse evento uma garota que se hospeda no hotel com a amiga acaba ganhando uma fama não tão bem vinda por falar algumas verdades. Nada de tão extraordinário.  (Tem na Netflix)

7. O Quarto dos Esquecidos
Com o objetivo de ter um novo começo o casal principal do filme e seu filho se mudam para uma casa afastada da cidade, mas lá Dana descobre um quarto que não se encontra na planta da residência e decide desvendar qual é o mistério. Não é o tipo de filme de terror/suspense que é lotado de cenas de susto, mas num geral ele chega a ser bem bom. Digamos que vale a pena se você quiser assistir algo mais parado e trabalhado na ambientação e sonografia, do que no terror psicológico. (Não tem na Netflix)

8. Regressão
Posso dizer que "uau", eu esperei algo do filme e recebi um pouco mais em troca. O elenco está maravilhoso, não só pela presença da minha favorita Emma Watson, mas também pela presença de outros grandes atores que eu gosto muito como Ethan Hawke, David Thewlis e Devon Bostick. A história é, digamos que, sobre bruxaria e por mais que seja um suspensa não direcionado ao terror e sustos em si, o filme é tão bem produzido e a ambientação é tão cheia de detalhes que supera muito filme de terror por aí. A história gira em torno de uma adolescente com alguns problemas para lidar que expõe aos policiais prezando pela sua segurança, mas as coisas nem sempre são como parecem. Um filme que, definitivamente, ganhou minha admiração. (Tem na Netflix)

9. La La Land
Musicais já são um amorzinho por si só, mas La La Land ganha o coração de todos que gostem de musicais e assistirem, tenho certeza. Numa ambientação incrível, daquelas que dá vontade estar, um casal se conhece e passa a fazer o relacionamento dar certo e ao mesmo tempo luta pela fama e sucesso dentro de suas carreiras. As músicas são lindas e as coreografias super marcantes, sem contar a cena, em especial, que essa imagem acima ilustra. Não é por nada que é um dos melhores filmes do ano, ta esperando o que pra ver? (Não tem na Netflix)

10. Burn Burn Burn
De começo é um filme tão, mas tão pacato que eu cheguei aos 90 minutos e desisti. Só fui voltar a assistir uns dias depois pois não consigo não terminar algum filme que comecei... e bom, revi meus conceitos com a mente mais aberta. Confesso que os atores não me agradaram muito, em especial as duas principais, mas o contexto da trama é bom. Um jovem tem uma doença e ao morrer deixa vídeos pedindo as suas duas melhores amigas para levá-lo (em cinzas) a alguns lugares junto a elas para deixar um pouco de si em cada canto que é especial para ele. Essa viagem faz as duas crescerem psicologicamente muito mais do que imaginavam. É uma história bonita e vingaria muito com alguns detalhes mais trabalhados, porém, fora o meu desgosto com o elenco, a ambientação e fotografia está muito boa. (Tem na Netflix)

11. In My Dream
Eu tenho momentos de: "quero ver filmes fofos, com licença". E foi num desses momentos que encontrei perdido na Netfix esse filminho divino. Resumindo a história gira em torno de uma fonte dos desenhos onde dois desacreditados jogam uma moedinha na esperança de encontrarem o amor, porém as coisas não acontecem na vida real, mas ambos passam a se encontrar em sonhos e descobrem um grande sentimento um pelo outro. Mas, será que o sonho deles é só alguém imaginário? Eis o que muda o enredo e nos deixa com os olhinhos cheios de lágrimas de felicidade. O filme é uma doçura só. (Tem na Netflix)

12. Como Não Esquecer Essa Garota
Eis aqui o filme que ganhou meu coração realmente e cá entre nós virou o favorito do mês de junho e talvez até do ano de 2017. É um romance todo fofo e incrivelmente tocante sem ser dramático. A história é sobre um homem que sofre com perda de memória todos os dias depois de seu acidente, ele precisa ser lembrado ao acordar de fazer todas as coisas normais do seu dia e tem a ajuda da irmã em questões rotineiras... mas ele conhece uma garota e encontra mil maneiras de não esquecê-la pois o amor fala mais alto que os problemas da vida. Não tem como não amar esse filme, ele é completamente lindo no geral, não só a história. (Tem na Netflix)

13. A Autópsia de Jane Doe
Um filme que eu queria ter visto no cinema, mas demorei demais e não vi... é um suspense e tanto. Confesso que tenho medo de cadáveres e tinha um ali sendo aberto e revirado por dois caras trancados num porão num dia chuvoso... então, o que vocês esperam disso? E o incrível é que a história da garota é tão tensa e tão estranha que você fica ali tentando decifrar os enigmas da vida/morte desse cadáver. Eu gostei bastante, mas há muita crítica contrária. (Não tem na Netflix)


14. Bokeh
Achei esse filme em indicações de filmes sobre viagens e etc. É um filme bastante visual e interpretativo, mas é muito bom. Bokeh conta a história de um casal que viaja para curtir um local e ao acordar se descobrem sozinhos no mundo, não há mais ninguém, nenhum vulto, nada... como se um apocalipse tivesse acontecido e as pessoas do mundo tivessem se mudado para outro planeta. Só sobram eles dois, como num sonho. As coisas parecem incríveis, pois há liberdade para tudo, mas o drama começa a aparecer e a realidade da solidão também, mesmo tendo um ao outro. Um filme para pensar e que vale a pena. (Tem na Netflix)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja mais do que bem-vindo!

Não esqueça de voltar.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...